Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Compromisso e resultados


postado em 21/10/2018 06:04


Existe uma linha tênue que separa os admiráveis dos medíocres. Ambos podem alcançar resultados positivos, ocupar cargos de liderança e relativo sucesso, a depender do ponto de vista. Contudo, a forma ou o caminho para chegar aos resultados muito dirá sobre atitude, ética e determinação. O legado acontecerá claramente a partir da liderança pelo exemplo, do engajamento e da capacidade de inspirar cotidianamente pessoas para o trabalho com propósito. Tudo isso fará diferença ao longo do caminho percorrido e também no resultado final, que pode ser admirável ou medíocre.

Nesse sentido, vale destacar aqui valores que parecem escassos nos dias de hoje. Um deles diz respeito à transparência e também à ética. Precisamos estar sempre atentos ao comportamento das pessoas e ao nosso próprio, levando em consideração que devemos fazer o certo, mesmo quando ninguém está vendo; dedicar-nos em tudo por propósito, e não esperando algo em troca; ser humildes para reconhecer e assumir erros; e ter coragem, respeito e resiliência para tentar novamente, ainda que o ambiente não seja favorável. Em suma, precisamos fazer sempre o nosso melhor e, assim, vamos investir no círculo virtuoso da influência positiva que começa por nós e que contagia. Afinal, quando você muda, tudo muda ao seu redor.

O comprometimento individual leva ao comprometimento coletivo, que fará toda a diferença, seja no ambiente político, corporativo ou familiar. Com isso, evidencio, aqui, especialmente nesse período decisivo que vivemos no Brasil, que precisamos estar atentos aos valores para as tomadas de decisão, levando em conta a responsabilidade, a democracia, a igualdade, a solidariedade, a preocupação pelo semelhante. Esses são valores do cooperativismo que almejamos que sejam mais comuns na sociedade. São os valores que pesarão muito para o futuro melhor que desejamos, mais plural, assertivo e de desenvolvimento.

Em mais de 60 anos de cooperativismo, já passei por inúmeras situações, por vezes difíceis, e em todas elas posso confirmar que o que fez a diferença foi primeiro as pessoas, com seus valores e propósitos, e em segundo lugar a convicção de estar fazendo o melhor, mesmo quando o ambiente é adverso. Cada ambiente é único e cada situação também. Respeitar as individualidades e possibilitar um ambiente que promova o bem e a prosperidade talvez seja o caminho para a sustentabilidade no ambiente dos negócios, reconhecendo os talentos e os comportamentos que por vezes passam despercebidos pela mecanicidade das ações.

O assunto foi abordado em uma das palestras que integraram a quarta edição do World Coop Management. O evento foi realizado em Belo Horizonte e contou com a participação de mais de 300 dirigentes do cooperativismo brasileiro, de 24 estados. Um dos palestrantes, o empresário e escritor Eduardo Tevah, falou muito sobre engajamento e o definiu como "propósito, foco no objetivo, comprometimento e resiliência". É, de fato, disso que precisamos. Mais pessoas comprometidas, com propósito, foco no objetivo e resilientes. Isso é o que tornará os empreendimentos fortes para enfrentar desafios e alcançar melhores resultados, em qualquer que seja o contexto.

Ao ouvir isso, me lembrei de uma figura que teve extraordinário sucesso nos negócios, pois soube como nunca motivar e engajar as pessoas, tendo como propósito encantar funcionários e clientes. Walter Elias Disney, mais conhecido como Walt Disney, cofundador da The Walt Disney Company, uma das maiores empresas de entretenimento do mundo. Ele sabia que o sucesso de um negócio não depende somente de uma grande ideia, e dos talentos e reconhecimentos do empreendedor, mas da capacidade de engajar pessoas. Ele acreditava que a melhor maneira de motivar as pessoas é dando a elas algo em que acreditar.

E no cooperativismo é assim. Temos por propósito conectar as pessoas e atuar de forma sustentável, o que certamente tornará o setor cada dia mais reconhecido e admirado.


Publicidade