Publicidade

Estado de Minas GOIÁS

Quatro pacientes com COVID morrem após falta de energia em hospital

No domingo, a queda de uma árvore danificou os equipamentos que fornecem oxigênio para pacientes internados em Porangatu


13/07/2021 14:50

(foto: Reprodução/TV Anhanguera)
(foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Quatro pacientes de COVID-19 morreram após um problema no sistema de oxigênio do Hospital de Campanha de Porangatu, no norte de Goiás. No domingo (11/7), quando uma árvore caiu sobre a rede elétrica impedindo o fornecimento de oxigênio, dois idosos faleceram. Na madrugada desta terça-feira (13/7), outros dois pacientes que tinham sido transferidos foram a óbito.
De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES/GO), o homem de 61 anos e a mulher, de 79 anos, estavam em estado grave. "Dos 11 que foram admitidos, sete estão na UTI, um que estava na enfermaria teve alta. Três pacientes vieram a óbito em menos de 24h de admissão, o que reflete a gravidade em que chegaram", diz em nota. 

A Prefeitura de Porangatu abriu um processo administrativo para apurar os fatos.

No domingo, uma árvore que teria sido podada de sem autorização da Enel, companhia elétrica de Goiás, caiu e atingiu a rede elétrica do bairro que está localizado a unidade de saúde.

Pacientes da enfermaria e da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) tiveram que ser transferidos para a cidade vizinha. "A Secretaria Municipal de Saúde em conjunto com a Prefeitura Municipal de Porangatu, sendo coordenados pela Secretaria de Estado da Saúde, estão realizando todos os procedimentos cabíveis e legais para resolução da atual situação emergencial e minimização dos danos a comunidade, em principal as pacientes em tratamento atual HCamp de Porangatu", diz nota da Secretaria Municipal de Saúde.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade