Publicidade

Estado de Minas CASO LÁZARO

Lázaro: policial conhecido como hipster da Federal ajuda nas buscas

Agente está entre os 270 policiais do DF e de Goiás que atuam na operação; ele ficou conhecido em 2016 após escoltar o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha


20/06/2021 18:14

(foto: Reprodução/Redes sociais)
(foto: Reprodução/Redes sociais)
Entre os 270 policiais das forças de segurança que trabalham para prender Lázaro Barbosa, 32 anos, um rosto se destaca: o do policial federal Lucas Valença, o "hipster da Federal". Valença virou assunto nas redes sociais em 2016, quando fez a escolta do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (MDB-RJ), réu por corrupção no âmbito da operação Lava-Jato.

À época, Lucas Valença ficou conhecido nas redes sociais como o "Gato da Federal" e "Hipster da Federal", pelo estilo que ainda mantém quatro anos depois: cabelos longos, presos em um coque no alto da cabeça e barba.

Na caçada à Lázaro, mudou o uniforme. Lucas chegou à base montada na Escola Municipal Ato da Boa Vista, no distrito de Girassol, Cocalzinho (GO), trajando uma roupa camuflada usada pelas forças de segurança para operações em áreas de matas. Lucas Valença entrou na instituição de ensino e, até o momento, não foi visto deixando o local.

Quando a imagem de Lucas Valença ganhou as redes sociais, o sucesso foi tanto, que, no ano seguinte em 2017, o carnaval de Recife teve um boneco em homenagem a ele.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade