Publicidade

Estado de Minas VACINAÇÃO NO BRASIL

Envio de 3 milhões de doses de vacinas da Janssen ao Brasil é suspenso

Sem uma data prevista, Ministério da Saúde afirmou que a expectativa é de que as doses cheguem ainda esta semana


14/06/2021 15:03 - atualizado 14/06/2021 15:33

Os imunizantes devem chegar ao Brasil perto do fim do prazo de validade, estipulado inicialmente para até 27 de junho(foto: Janssen/Reprodução)
Os imunizantes devem chegar ao Brasil perto do fim do prazo de validade, estipulado inicialmente para até 27 de junho (foto: Janssen/Reprodução)
O lote com 3 milhões de doses do imunizante da Janssen não vai mais chegar no Brasil nesta terça-feira (15/6)
, conforme o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, havia anunciado no último fim de semana. 

Em nota, o ministério afirmou que "aguarda confirmação da data por parte do laboratório, mas a expectativa é de que as doses cheguem ainda esta semana ao país em três remessas".

A pasta não divulgou o real motivo para a suspensão.

A farmacêutica não explicou o motivo do atraso, mas afirmou que segue dialogando com as autoridades brasileiras "com o objetivo de disponibilizar a vacina no país o quanto antes".

"A companhia está comprometida em oferecer acesso global igualitário à sua vacina contra a COVID-19 em um modelo sem fins lucrativos para uso emergencial durante a pandemia. Como parte deste compromisso, reconhece a importância de assegurar que as pessoas no Brasil tenham acesso ágil à sua vacina",afirmou, por nota.

Em contrapartida, porém, o perfil oficial do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou a chegada da vacina na terça.

"O Brasil deverá receber 3 milhões de doses da vacina da Janssen até esta terça. A vacina é de dose única e vai acelerar o andamento da imunização. São mais de 600 milhões de doses contratadas até então. Mais de 109 milhões de vacinas distribuídas a todos os estados do Brasil”, escreveu o presidente.



Nas redes sociais, políticos vem reagindo à nota da Saúde. “O envio de 3 milhões de vacinas da Janssen pro Brasil foi suspenso. O drama de um país com falta de vacina e de presidente continua”, escreveu o ex-candidato à Prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (Psol).

“Jansen suspende o envio de 3 MILHÕES de doses da vacina para o Brasil. O motivo ainda não foi divulgado, nem nova data de envio. Cancelado, simplesmente”, escreveu a deputada federal Joice Hasselmann (sem partido).
 
A vacina é a primeira aprovada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o regime de imunização de apenas uma dose. Os imunizantes devem chegar perto do prazo de validade, estipulado inicialmente para até 27 de junho.

Leia: Vacina da Janssen chegará com validade curta e só deve ser distribuída a capitais

A Janssen recebeu autorização de uso pela Anvisa em 31 de janeiro e foi comprada pelo Ministério da Saúde em março.
 
*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade