Publicidade

Estado de Minas EFEITO

Do restaurante ao aplicativo: famílias passam a consumir mais por delivery

Ano passado registrou aumento de 149% nos gastos com delivery; grande parte dos brasileiros deixou de frequentar restaurantes


02/03/2021 16:36 - atualizado 02/03/2021 17:03

A população não está indo a restaurantes com a mesma frequência(foto: Reprodução/Pixabay)
A população não está indo a restaurantes com a mesma frequência (foto: Reprodução/Pixabay)
Idas ao restaurante se tornaram plano B desde o início da pandemia e deram lugar, assim, para os pedidos de comida por aplicativo. Os gastos dos brasileiros com delivery cresceram 149% em 2020, segundo a Mobills – startup de gestão de finanças pessoais. O levantamento foi feito com base em três aplicativos: Rappi, Ifood e Uber Eats.

A pesquisa Shopping During the Pandemic revelou, também, que 67% da população não está indo a restaurantes com a mesma frequência de antes.
 
 
Portanto, diante dos impactos causados em todos os setores, o método de “salvamento” encontrado foi o delivery, que possibilita o funcionamento dos restaurantes mesmo com as portas fechadas. Porém, a confiança dos clientes foi sendo conquistada aos poucos, já que muitos tinham receio da comida não ter o mesmo sabor e aparência. Agora, até comidas especiais são pedidas por aplicativo.

A expectativa é que o delivery cresça entre as famílias e que proporcione experiências próximas a de estar em um restaurante. Se as famílias continuarem com este hábito, a preferência entre ficar em casa ou ir ao restaurante pode ser alterada.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade