Publicidade

Estado de Minas EM CAIXAS

Trinta dos 66 cães shih-tzu resgatados na Bahia não sobrevivem

Filhotes estavam no porta-malas e no banco traseiro de um carro que seguiria de Goiânia para o Nordeste


08/09/2020 20:17 - atualizado 08/09/2020 20:40

Cães foram repassados a uma ONG para cuidados especiais(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Cães foram repassados a uma ONG para cuidados especiais (foto: Polícia Civil/Divulgação)
A Polícia Civil da Bahia confirmou a morte de 30 filhotes de cães da raça Shih-tzu, principal alvo de criminosos no país. Os animais foram resgatados numa blitz feita pela Polícia Rodoviária Federal no mês passado, na região da Chapada Diamantina, na Região Central do estado. O carro com os filhotes foi apreendido na BR-242.
 
De acordo com a PRF, eles estavam amontoados em 13 caixas plásticas e uma de papelão. Os filhotes estavam debilitados, apresentando fraqueza. Dos 66 animais resgatados, 54 foram entregues ao Instituto de Proteção Patruska Barreiro, em Salvador, para se recuperarem de forma adequada. Vários deles acabaram morrendo enquanto estava na ONG. Outros 26 filhotes seguem acompanhados, sendo quatro em estado grave. 

A PRF havia recebido denúncia no mês passado de que um homem havia abandonado três filhotes na região de Tanquinho de Lençóis, também na BR-242, próximo ao município de Itaberaba. Em seguida, a equipe saiu em busca do veículo, que foi localizado no km 250 da mesma rodovia.

O motorista de 56 anos foi preso na ocasião. Em depoimento, ele contou que saiu com os animais de Goiânia e os venderia em petshops de Salvador e em Recife e Petrolina. 

Na semana passada, o Ministério Público da Bahia (MP-BA), entrou com pedido à Justiça para que os donos de petshops devolvessem os animais que já haviam sido vendidos pelo autor do crime. Outro pedido foi que os filhotes fossem entregues ao instituto de proteção. A Justiça acatou o requerimento no dia seguinte.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade