Publicidade

Estado de Minas ATO PRÓ BOLSONARO

Guilherme de Pádua participa de pró-Bolsonaro em Brasília: 'Brasil precisa mudar'

Ex-ator foi condenado nos anos 1990 pela morte da atriz Daniella Perez


postado em 24/05/2020 21:51 / atualizado em 24/05/2020 22:02

Guilherme de Pádua ao lado de sua esposa, Juliana Lacerda(foto: Reprodução)
Guilherme de Pádua ao lado de sua esposa, Juliana Lacerda (foto: Reprodução)
O ex-ator e hoje pastor Guilherme de Pádua, condenado pela morte da atriz Daniella Perez, em 1992, participou neste domingo de um ato na Praça dos Três Poderes, em Brasília, a favor do governo de Jair Bolsonaro



Em um video postado nas redes sociais, ao lado da esposa, Guilherme de Pádua declarou: ‘Estamos aqui no Congresso Nacional, agora estamos indo ali pra manifestação, né, em prol do Brasil. É isso mesmo, gente, o Brasil precisa mudar. Esses políticos corruptos, esses esquemas de tetas públicas, que o pessoal só fica explorando o povo brasileiro e o dinheiro, e as melhorias não chegam nas mãos do povo, não chegam na vida do povo. Se Deus quiser o Brasil vai mudar, não é meu amor?”.

Natural de Belo Horizonte, Guilherme se tornou pastor em 2017 na Igreja Batista da Lagoinha, na capital mineira.

Em 1992, Guilherme matou a atriz Daniella Perez com dezoito golpes de punhal com ajuda da sua então esposa, Paula Nogueira Peixoto

Guilherme e Paula foram condenados por homicídio qualificado, com motivo torpe, a 19 anos e seis meses de cadeia. O ex-ator cumpriu apenas seis anos e nove meses.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade