Publicidade

Estado de Minas GERAL

Jornalista Márcia Cristina Silva morre aos 48 anos em São Paulo


postado em 07/02/2020 23:36

A jornalista e repórter do Estadão/Broadcast Márcia Cristina Silva morreu anteontem, em São Paulo, após sofrer um aneurisma cerebral. Ela completaria 49 anos no próximo dia 27.

Nascida e criada na capital paulista, Márcia formou-se em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes e trabalhou na Universidade de São Paulo antes de entrar no Grupo Estado, onde permaneceu por 22 anos. Ela morava com os pais, Abel Pereira da Silva, de 85 anos, e Maria Aparecida da Silva, de 83.

Segundo os parentes, Márcia sempre foi muito dedicada aos estudos e sonhava em ser jornalista por sua afinidade com temas políticos. Corintiana, também era apegada à família e aos cachorros, o são-bernardo Porthos e o poodle Pupi. Com os cães e os sobrinhos Natalia, Mateus, Vinicius, Gustavo, Gabriela, Larissa, Rodrigo, Biel e Lucas, costumava ir para a casa de praia que tinha em Itanhaém.

Na adolescência, Márcia foi fã dos Menudos. Antes de ingressar na faculdade, ela trabalhava em uma loja de confecção de roupas, onde copiava os figurinos vestidos pelos ídolos. Ela finalmente conseguiu ver um show do grupo em 1985, quando a irmã Regiane a levou para a apresentação que eles fizeram no Estádio do Morumbi.

Márcia era a sétima filha de oito irmãos. A previsão era de que o corpo fosse velado no Cemitério do Carmo II e cremado na Vila Alpina.


Publicidade