Publicidade

Estado de Minas GERAL

Fabricante de armas pode ser processada por tiroteio em escola nos EUA


postado em 15/03/2019 06:00

Por 4 votos a 3, a Corte Suprema do Estado americano de Connecticut decidiu na quinta-feira, 14, que a fabricante de armas Remington pode ser processada pelo tiroteio na Escola Sandy, em 2012, que teve 20 crianças e seis professores mortos. O autor do massacre, Adam Lanza, usou um rifle AR-15, fabricado pela Remington.

Uma lei federal, de 2005, protege a indústria de armas desse tipo de questionamento na Justiça. De acordo com o pedido feito pelos advogados da família, a publicidade da companhia glorificava a violência e associava virilidade com as armas. (Com Agências Internacionais)



As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Publicidade