Publicidade

Estado de Minas GERAL

DNIT estende bloqueio de caminhões em trechos da BR-163 até sexta-feira, 8


postado em 05/03/2019 15:52

O bloqueio no tráfego de caminhões e carretas nos municípios de Santa Helena (MT) e Guarantã do Norte (MT), em trechos da rodovia BR-163 que ligam o Estado de Mato Grosso ao Pará, foi estendido até sexta-feira, 8, informou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Inicialmente, a previsão era terminar hoje as paralisações que começaram no último sábado, 2, por causa do excesso de chuvas e degradação de áreas não pavimentadas.

Com a ampliação do escoamento de grãos pelos portos do Arco Norte, o volume de caminhões aumentou na região neste ano. "As chuvas intensas dificultam a manutenção da trafegabilidade dos caminhões que saem de Mato Grosso com destino aos portos de Miritituba (PA)", diz o comunicado. De acordo com o Dnit, estão sendo realizadas ações emergenciais em cinco segmentos do trecho compreendido entre as cidades de Moraes Almeida (PA) e Novo Progresso (PA), que está intrafegável.

Após a coordenação de ações in loco ontem, a diretoria de obras do Exército e o diretor geral de Dnit, general Santos Filho, determinaram que os trabalhos de manutenção e a produção de material pétreo serão feitos 24 horas por dia. A estimativa é que a produção chegue a 800 metros cúbicos de material, diariamente, e atenda à necessidade do serviço.

A partir de hoje ocorrem reuniões diárias, às 19h, de avaliação e coordenação com as equipes do Dnit, Exército e Polícia Rodoviária Federal (PRF). O objetivo é monitorar o avanço das obras e o atendimento às necessidades dos caminhoneiros parados na via. "A prestação de assistência em saúde vai continuar na região, com duas ambulâncias, além de equipe médica. Refeições e água potável estão sendo disponibilizadas diariamente aos caminhoneiros que estão no local", destaca o departamento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade