Publicidade

Estado de Minas GERAL

Brigas em festa de 'bate-bolas' deixam dois mortos e 11 feridos


postado em 04/03/2019 15:52

Duas confusões envolvendo grupos de fantasiados de "bate-bolas" deixaram mortos e feridos na noite deste domingo, 3, na zona norte Rio. Um dos confrontos, em Marechal Hermes, deixou duas mortas em um tiroteio - um adolescente e um homem de 38 anos. Outras seis ficaram feridas. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios.

A outra confusão foi em Rocha Miranda, quando um homem de 42 anos atropelou várias pessoas durante uma festa de "bate-bolas". O homem, que foi preso na manhã desta segunda-feira, 4, feriu cinco pessoas, entre elas uma criança de 11 meses e outra de três anos.

O caso ocorreu por volta das 22h. O homem pode responder pelos crimes de tentativa de homicídio, embriaguez ao volante e dano ao patrimônio. Exames no Instituto Médico Legal indicaram que o atropelador ingeriu bebida alcoólica antes de dirigir.

Bate-bola

O "bate-bola", ou "Clóvis", ou "rodado" é uma tradição no carnaval carioca, onde pessoas fantasiadas e mascaradas levam uma bola presa a uma corda que usam para bater no chão com força, fazendo barulho e assustando quem passa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade