Publicidade

Estado de Minas GERAL

Verão começa na noite desta sexta-feira, 21


postado em 21/12/2018 15:55

O verão começa oficialmente às 20h23 desta sexta-feira, 21, e vai até o dia 20 de março de 2019. A estação terá influência do El Niño que é caracterizado por um aquecimento das águas.

O fim da primavera está sendo marcado por temperaturas altas, acima de 30ºC. Segundo Fabiana Weicamp, meteorologista da Climatempo, desde o dia 10 de dezembro a região Sudeste está sob a influência de um bloqueio atmosférico que impede a chegada de novas frentes frias.

De acordo com Fabiana, esse bloqueio será rompido nos próximos dias e uma nova frente fria vai passar por São Paulo, aumentando as chances de chuvas.

"Aumentam as chances de chuvas no início da semana que vem. São chuvas mais generalizadas, que podem acontecer desde as primeiras horas do dia, o que faz com que a temperatura diminua. Vai dar um alívio nesse calorão", disse Fabiana.

Para esta sexta, a máxima prevista é de 33ºC. A partir de domingo, as máximas devem cair, chegando a 27ºC. Na segunda-feira, a temperatura cai ainda mais, com máxima de 22ºC e mínima, de 19ºC, segundo o Inmet.

Lagoa Rodrigo de Freitas

No Rio de Janeiro, as altas temperaturas, a falta de ventos e a maré baixa derrubaram os níveis de oxigênio e provocaram a morte de milhares de peixes na Lagoa Rodrigo de Freitas, na quinta-feira, 20. De acordo com a Comlurb, até 15h30, foram retiradas das águas 12,5 toneladas de animais mortos.

A morte decorre da proliferação de cianobactérias e fitoplânctons presentes no ecossistema. Elas aumentam com elevação da temperatura e possuem um ciclo de vida rápido, mas consomem oxigênio ao morrer. A última medição mostrava início de anoxia (falta de oxigênio) nas águas da lagoa.

A secretaria municipal de Conservação e Meio Ambiente informou que a comporta do Jardim de Alah, entre Ipanema e Leblon, está aberta desde a semana passada. Mas a maré baixa está dificultando a troca de água entre a lagoa e o mar.

Verão 2019

O mês de janeiro será marcado por pancadas de chuva frequentes sobre a região sudeste. A circulação de ventos sobre a América do Sul vai manter os canais de umidade do Norte para o Sudeste do Brasil.

Durante o mês de fevereiro, o El Niño passa a mostrar suas características e a chuva diminui. Muitas áreas do Sudeste terão alguns períodos de tempo seco e, consequentemente, nestes dias a temperatura pode subir bastante. A chuva ao final do mês acaba abaixo da média no Sudeste.

Em março, as áreas de instabilidade retornam e a maior parte da região Sudeste fecha o mês com chuva dentro do normal para a época do ano.


Publicidade