Publicidade

Estado de Minas GERAL

Doria, sobre Campinas: não há relação com flexibilização ou não do porte de arma


postado em 12/12/2018 16:24

O governador eleito de São Paulo, João Doria, afirmou nesta quarta-feira, 12, que não vê correlação entre a tragédia ocorrida em Campinas, onde um homem matou cinco pessoas e se suicidou logo em seguida, e a discussão sobre eventual flexibilização do porte de armas no Brasil. O tema ganhou força no último pleito eleitoral. O presidente eleito Jair Bolsonaro é favorável à flexibilização.

"Manifesto minha solidariedade às famílias das quatro vítimas de Campinas e feridos", afirmou Doria, antes de a quinta morte ser anunciada. Um dos feridos faleceu no hospital.

Para o governador eleito, foi um ato "promovido por uma pessoa desequilibrada mental e emocionalmente". "Não há relação com flexibilização ou não do porte de arma, essa é uma discussão que tem que seguir. Nossa discussão vai continuar sendo a mesma, não vemos correlação", frisou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade