Publicidade

Estado de Minas GERAL

Temporais causam morte e interditam estradas no interior de SP


postado em 11/10/2018 19:04

Temporais que atingem o interior de São Paulo já causaram estragos em ao menos dez cidades, desde a manhã de quarta-feira, 10, até a tarde desta quinta-feira, 11. Uma pessoa morreu, atingida pela queda de um muro, em Piracicaba. Duas rodovias estaduais foram interditadas em consequência das chuvas na região noroeste do Estado. Conforme o Climatempo, as chuvas intensas se devem à passagem de uma frente fria do litoral de São Paulo para o Rio de Janeiro, com a formação de nuvens densas também no interior.

Em Piracicaba, durante a madrugada, um temporal causou a queda do muro da Escola Municipal Dom Aniger Francisco de Maria Melillo, no Bosques do Lenheiro. A Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Vila Sônia foi alagada. Ruas e avenidas ficaram sob as águas no bairro São Francisco Bongue, na Vila Rezende e no Areão. Na ocorrência mais grave, o muro de arrimo de um terreno caiu sobre um barraco, na Rua Josafá Gomes de Oliveira, no Bosques. O morador Oscar Eleutério, de 46 anos, estava sozinho e foi atingido pelos escombros, morrendo na hora.

Em Itararé, o vento forte destelhou várias casas no Jardim São Paulo. Uma criança de dois anos teve ferimentos leves. O muro de um condomínio desabou. Em Marília, as chuvas abriram uma grande cratera na via expressa da Avenida Sampaio Vidal, uma das principais da cidade. O trânsito está sendo desviado.

A chuva forte alagou o prédio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em São José do Rio Preto. O Córrego Aterradinho transbordou e o acesso à Rodovia Transbrasiliana (BR-153) ficou temporariamente interditado.

O temporal inundou uma creche que atende crianças de até cinco anos, no bairro Adalberto Roxo, em Araraquara. As aulas chegaram a serem suspensas na manhã desta quinta-feira, mas já foram retomadas.

Em Pirassununga, o temporal derrubou árvores em várias partes da cidade. Uma delas foi lançada contra a cobertura de um posto de combustíveis, que ficou destruída.

São Carlos e Barretos também tiveram danos pelas chuvas.

Interdições

A Rodovia Miguel Ganthus (SP-323) foi totalmente interditada no km 12, em Herculândia, depois que a enchente no Rio Iacri causou danos na cabeceira de uma ponte. Na manhã desta quinta, o trânsito fluía por uma pista, no sistema Pare e Siga. À tarde, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que o trânsito havia sido normalizado. Segundo o órgão, o trecho da rodovia está sendo reformado e vai ganhar uma nova ponte.

A Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425) está totalmente interditada desde a quarta, no km 277, em Penápolis, depois que as chuvas abriram uma grande cratera no asfalto. A força das águas rompeu uma tubulação sob a pista, e o asfalto corre o risco de ceder completamente. O trânsito está sendo desviado por uma estrada de terra, onde só passa um veículo leve por vez. Caminhões e ônibus precisam dar uma volta de 40 quilômetros. O DER informou que uma equipe foi ao local e fez um levantamento da situação. Uma empresa será contratada para obras emergenciais na rodovia, mas ainda não há prazo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade