Publicidade

Estado de Minas GERAL

Correção: Corretora de imóveis é morta na Barra da Tijuca


postado em 15/08/2018 20:04

A matéria enviada anteriormente continha uma informação errada. A corretora de imóveis foi morta a tiros enquanto andava na rua e não enquanto dirigia. Segue texto corrigido:

A corretora de imóveis Karina Garofalo, de 53 anos, foi morta a tiros logo após sair de casa, a pé, na Barra da Tijuca (zona oeste do Rio), na tarde desta quarta-feira, 15. Ela estava acompanhada do filho, de 13 anos, que não se feriu, segundo a polícia. Nesta terça-feira, 14, um professor foi morto durante uma tentativa de assalto no bairro.

O atirador desceu de um veículo Renault preto, atirou quatro vezes e conseguiu fugir no mesmo veículo. Ele estava encapuzado. Como nada foi roubado, a polícia supõe que tenha sido uma execução.

Karina morava em um condomínio na Avenida Malibu, paralela à Avenida das Américas. Ao sair do prédio, a pé, por volta das 16h, acompanhada pelo filho, ela foi baleada. A corretora morreu na hora. Seus objetos pessoais, como a bolsa, não foram levados.

A Delegacia de Homicídios do Rio investiga o caso e já começou a recolher imagens de câmeras de segurança da região.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade