Publicidade

Estado de Minas GERAL

Homem morre esfaqueado ao apartar briga em Bertioga


postado em 31/07/2018 20:36

Um homem morreu neste domingo, 29, em Bertioga, no litoral sul paulista, ao apartar uma briga. A vítima foi esfaqueada quando tentou defender um bombeiro guarda-vidas de 32 anos que era agredido por várias pessoas na praia da Enseada, no bairro Vista Linda.

Segundo testemunhas, um grupo de turistas arrancou da areia uma placa de sinalização que alerta sobre trecho perigoso no mar. Advertidos pelo bombeiro, eles reagiram e foram novamente repreendidos. Na sequência, várias pessoas, incluindo mulheres, passaram a espancar o bombeiro, que sofreu fratura na mão direita e terá de passar por uma cirurgia.

Neste momento, o profissional autônomo Gerson Barbosa, de 39 anos, que tentou ajudar o bombeiro, também foi agredido e recebeu ao menos quatro golpes de faca, desferidos pelo estampador Marcos Pereira da Silva, de 29 anos. Silva foi socorrido e morreu enquanto recebia atendimento no Pronto-Socorro do Hospital Municipal de Bertioga.

O agressor fugiu de carro após cometer o crime, mas teve o veículo identificado e acabou preso ainda na cidade, no bairro Indaiá. O auxiliar de serviços gerais Carlos César Costa Silva, de 35 anos, que também agrediu o bombeiro e Silva e tentou escapar em outro carro, foi preso quando passava pelo km 95 da Rodovia Mogi-Bertioga.

Moradores de Ferraz de Vasconcelos, na região metropolitana de São Paulo, os agressores estavam na praia com familiares. A dupla foi encaminhada à delegacia e autuada em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil, lesão corporal grave e desacato.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade