Publicidade

Estado de Minas

Secretaria confirma morte de três macacos por febre amarela na capital paulista


postado em 15/06/2018 18:54

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), da Secretaria Municipal da Saúde, confirmou o vírus da febre amarela como causador da morte de dois saguis e um bugio no mês de maio na cidade de São Paulo. Segundo o órgão, os macacos foram localizados nos bairros de São Domingos, Cangaíba e Parelheiros. Com isso, a capital paulista soma 159 óbitos de primatas não humanos causados pela doença desde outubro do ano passado.

Em nota, a secretaria classificou a situação como um "alerta de que o vírus continua em circulação no município, apesar da queda no número de casos positivos da doença nos últimos meses". Sete humanos morreram na capital após contraírem o vírus; um total de 106 infecções contraídas em outras cidades foram registradas na cidade de São Paulo.

"A confirmação das novas epizootia nesta época reforça a importância de ampliar a cobertura vacinal na cidade, já que a tendência é que a circulação diminua nos meses mais frios. Por isso, é imprescindível que quem ainda não se vacinou procure nossas unidades para estar protegido quando chegar o verão, época de maior atividade dos mosquitos transmissores", declarou em nota o secretário municipal da Saúde, Wilson Pollara.

A secretaria lembra que a campanha de imunização contra a febre amarela começou no município em outubro do ano passado e imunizou 6,6 milhões de moradores até a última quarta-feira, 13, "o que representa cobertura de 56,8%, porcentual bem abaixo da meta de 95%". A pasta informou que a vacina está disponível em todos os postos da capital até 30 de junho e, para receber a dose, é preciso levar documento de identificação e, se possível, carteira de vacinação e cartão SUS.

Vacinação no parque

Um posto volante funcionará no Parque Villa Lobos, na região de Pinheiros, zona oeste, das 9h às 16h para aplicação da vacina contra febre amarela e o imunizante contra a gripe. As duas vacinas também estarão disponível nos postos da SMS que abrirão neste sábado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade