Publicidade

Estado de Minas

USP detecta poluição acima do aceitável no Rio Piracicaba


postado em 07/06/2018 07:48

São Paulo, 07 - O risco de mortandade de peixes e outros seres vivos é grande no Rio Piracicaba. É o que aponta medição feita pela Universidade de São Paulo (USP), que detectou nível de poluição três vezes acima do aceitável para esse período do ano no manancial.

A situação se torna mais crítica porque o volume de água também está 30% abaixo da média, o que aumenta a concentração de sujeira. Esgoto, garrafas plásticas, resíduos diversos e até pneus podem ser vistos no rio paulista. As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade