Publicidade

Estado de Minas

Morre bebê abandonado em ponto de ônibus no Distrito Federal

A direção do hospital afirmou que o óbito aconteceu "devido às complicações inerentes a um bebê prematuro"


postado em 12/04/2018 22:14

Morreu, nesta quarta-feira (11/4), o recém-nascido abandonado dentro de uma caixa de papelão em uma parada de ônibus no Riacho Fundo 1, no último domingo (8/4). A criança, apelidada de Lucas Guerreiro pela equipe médica do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib), estava internada na UTI Neonatal desde a manhã em que foi encontrada e o quadro de saúde era estável. A direção do hospital afirmou que o óbito aconteceu "devido às complicações inerentes a um bebê prematuro". 
 
De acordo com informações da Secretaria de Saúde, Lucas nasceu de aproximadamente 34 semanas. Nehum parente compareceu ao Hmib. O agente de portaria Ayrton Bezerra, 20 anos, foi quem encontrou o bebê, ainda com o cordão umbilical e placenta, enquanto estava indo para o trabalho, por volta das 6h da manhã.
 
Ao perceber que se tratava de uma criança, Ayrton solicitou a parada de um ônibus que passava pelo local e levou o pequeno até o 21° Batalhão do Corpo de Bombeiros, localizado na região administrativa.
 
O caso está sendo investigado pela 29ª Delegacia de Polícia (Riacho Fundo). A corporação trabalha na identificação dos familiares do bebê com a análise de imagens de segurança no local. A ocorrência está registrada como abandono de incapaz.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade