Publicidade

Estado de Minas

Protesto contra ataques à Gaza reúne 15 em Brasília


postado em 19/07/2014 11:37 / atualizado em 19/07/2014 13:23

A ofensiva militar de Israel contra alvos do Hamas na Faixa de Gaza, que já deixou 300 mortos, segundo informou nesta sábado a agência de notícias EFE, levou um grupo de manifestantes a se reunir em frente ao Palácio do Itamaraty para protestar contra ocupação por terra do território palestino.

Cerca de 15 pessoas se reúnem neste momento em frente a sede do Ministério das Relações Exteriores pedindo um cessar-fogo israelense. O ato foi convocado pela Internet, por meio de duas páginas no Facebook, nas quais cerca de 300 pessoas confirmaram presença.

O aposentado Pedro Chequer, ex-funcionário da Organização das Nações Unidas (ONU) em países como Angola, Chile e Uruguai, afirma que o ato “não é contra o povo judeu”. “Somos um grupo espontâneo de pessoas que veio para registrar repúdio ao que está acontecendo na Faixa de Gaza. Israel está fazendo, com sua política racista contra o povo palestino, um extermínio”, disse.

O confronto em Gaza completa 12 dias hoje e desde a última quinta-feira (17), Israel iniciou um ataque terrestre, naval e por ar na região. Neste sábado, os soldados israelenses em tanques e tratores ocuparam a parte leste da fronteira com a Faixa de Gaza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade