Publicidade

Estado de Minas

Eli Lilly vai recorrer de condenação por contaminação


postado em 09/05/2014 19:07

São Paulo, 09 - A Eli Lilly do Brasil informou nesta sexta-feira, 9, por meio de nota, que irá recorrer da decisão da 2ª Vara do Trabalho de Paulínia (SP), que condenou a fabricante de medicamentos a pagar uma indenização de R$ 1 bilhão por danos morais coletivos. A Justiça condenou a companhia pela contaminação provocada em ex-trabalhadores que foram expostos a substâncias tóxicas na fábrica do grupo em Cosmópolis, interior de São Paulo.

A empresa alega que "sempre fez o monitoramento da área da fábrica e, diante da identificação do aumento na concentração de subprodutos do processo produtivo, fez a comunicação voluntária à Cetesb". De acordo com o texto, "não foram identificados na área indícios de metais pesados nem pela empresa e nem pela Cetesb, o que torna inconsistente a alegação de que ex-funcionários teriam sido contaminados por estes elementos".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade