Publicidade

Estado de Minas

Prédios terão rede de vigilância comunitária


postado em 06/02/2014 21:07

São Paulo, 06 - A Secretaria de Segurança Pública (SSP) e o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP) lançaram nesta quinta-feira, 6, parceria para uma rede de vigilância comunitária entre guardas, porteiros e zeladores de condomínios residenciais da capital paulista. A iniciativa já é feita em alguns edifícios da zona sul, como Itaim-Bibi e Vila Olímpia. A ideia é que a Polícia Militar (PM) oriente condomínios a compartilhar um sistema de rádio para alertas sobre atitudes suspeitas nas redondezas. Os “núcleos de proteção” terão de 10 a 15 condomínios.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade