Publicidade

Estado de Minas

PM e Força Nacional montam barreiras para impedir acesso de manifestantes ao Maracanã


postado em 20/06/2013 17:21

A Polícia Militar (PM) e a Força Nacional de Segurança montaram barreiras nos principais acessos ao Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, onde Espanha e Taiti se enfrentam. No Viaduto Oduvaldo Cozzi, por exemplo, que é usado por torcedores que descem da estação do metrô de São Cristóvão, há três barreiras, que só perrmitem a aproximação ao estádio de pessoas com ingresso para o jogo. Além dessas barreiras, há soldados do Batalhão de Choque da PM posicionados para agir em caso da aproximação de manifestantes.

O torcedor Téo Benjamin criticou as medidas. "É uma grande burrice porque a pessoa que não está com ingresso não vai conseguir entrar. Eu, por exemplo, estou com ingresso de uma outra pessoa [para entregar]. Tem que ver como vou fazer para encontrá-la, agora".

Dois carros blindados da Polícia Militar estão em frente a Escola Técnica Federal (Cefet). Há 50 homens da Força Nacional de Segurança de prontidão em frente à Rua Mata Machado, um dos principais acessos ao estádio.

De acordo com o secretário Municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório, não há problemas para a chegada de torcedores ao estádio. "Por enquanto não há grandes problemas no acesso ao estádio, porque os torcedores atenderam ao pedido para virem de transporte público. Essas barreiras da Polícia Militar são importantes para não haver mistura dos torcedores com pessoas que não têm nada a ver com o jogo", disse.


Publicidade