Publicidade

Estado de Minas

Cumbica terá bolsão rodoviário para receber 22 ônibus


postado em 06/09/2012 10:40 / atualizado em 06/09/2012 14:02

(foto: BETO BARATA/AGENCIA ESTADO/AE )
(foto: BETO BARATA/AGENCIA ESTADO/AE )

Além das áreas de estacionamento reformadas e de um novo edifício-garagem, que ampliará a capacidade para 10 mil vagas, o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, terá um bolsão rodoviário para 22 ônibus. “Hoje, o trânsito do aeroporto é prejudicado porque todos os ônibus param na porta do terminal”, afirma o presidente da concessionária, Antônio Miguel Marques.

“Os Terminais 1 e 2 vão ganhar um retrofit”, disse Marques, para designar uma modernização em uma construção já pronta. Entre as principais mudanças está o ganho de área para o processamento de bagagens. A ideia é diminuir pela metade o tempo que o passageiro espera pela mala. “O espaço é tão pequeno que tem até engarrafamento daqueles carrinhos que levam a mala do avião para a esteira”, ressalta.

Além de uma estação de trem da CPTM na frente do Terminal 4 - já prometida pelo governo do Estado -, a concessionária conversa com o governo sobre uma segunda estação, mais perto do Terminal 3. Não deve ser para a Copa.

Terceira pista

Depois de ter sido cogitada e descartada diversas vezes pela Infraero, a construção de uma terceira pista em Cumbica voltou a fazer parte dos planos para o aeroporto. “São 20 anos de concessão. É um projeto para o futuro, que vai depender de análise de demanda”, diz Marques. A pista seria construída do lado oposto do aeroporto, depois da Rodovia Hélio Smidt, e exigiria uma série de desapropriações - foi o custo social que freou o governo de realizar a obra em 2008.

Outras remoções, porém, estão em curso - a Justiça Federal está realizando audiências e acordos com as famílias do Jardim Novo Portugal, bairro contíguo às pistas do aeroporto que terá de ser desapropriado “até o fim do ano, por uma questão de segurança para os moradores”, segundo Marques.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade