UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

EUA oferece recompensa para deter traficantes hondurenhos


02/05/2022 18:16

Os Estados Unidos oferecem US$ 5 milhões de recompensa por informações que permitam deter e condenar a traficante de drogas hondurenha Herlinda Bobadilla, do clã Montes, e seus dois filhos, informou nesta segunda-feira (2) o porta-voz do Departamento de Estado.

Este clã importa, transporta e distribui drogas e lava o dinheiro do tráfico de drogas através da América Central, México e Estados Unidos, informou Ned Price em comunicado.

Desde que o terceiro filho de Herlinda, Noé Montes Bobadilla, condenado a 37 anos de prisão por tráfico de drogas, foi preso e extraditado em 2017, sua mãe e seus dois irmãos, Tito Montes Bobadilla e Juan Carlos Montes Bobadilla, têm desempenhado um maior "papel de liderança" no organização, acrescentou.

Esta ação apoia os esforços do governo do presidente Joe Biden "para combater os efeitos desestabilizadores do crime transnacional na América Central", concluiu Price, dias depois de o ex-presidente hondurenho Juan Orlando Hernández ser preso por um juiz de Nova York por acusações de tráfico de drogas cocaína e uso de armas.

A América Central é a região de onde vem a maioria dos migrantes que lotam a fronteira mexicana na esperança de entrar nos Estados Unidos, que atribuem essa onda migratória à pobreza, corrupção, drogas, violência e aos efeitos das mudanças climáticas em seus países de origem.

Mais de 75 criminosos transnacionais e traficantes de drogas foram levados à justiça desde que o Programa de Recompensas contra os Narcóticos (NRP) foi criado em 1986. O Departamento pagou mais de US$ 135 milhões em recompensas por informações que levaram a prisões e condenações.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade