UAI
Publicidade

Estado de Minas JERUSALÉM

Hamas adverte Israel contra celebração judaica em cidade palestina de Hebron


27/11/2021 10:46

O movimento islamita palestino Hamas pediu a Israel que "assuma a total responsabilidade" das consequências que podem ser geradas pela decisão de seu presidente de participar de uma cerimônia judaica no domingo no coração histórico da cidade palestina de Hebron, na Cisjordânia.

Na sexta-feira, o gabinete do presidente israelense Isaac Herzog anunciou que o líder vai acender a primeira vela da festa tradicional judaica de Hanukkah no Túmulo dos Patriarcas de Hebron, um local venerado por judeus e muçulmanos, localizado no centro histórico da cidade palestina.

Nessa cidade antiga de Hebron, ao sul da Cisjordânia, vivem cerca de 1.000 colonos judeus, protegidos pelo exército israelense, em meio a 200.000 palestinos.

O direito internacional considera ilegal todas as colônias nos territórios palestinos.

Israel "tem que assumir a total responsabilidade das consequências dessa agressão", disse em um comunicado Ismail Redwan, responsável do Hamas.

Essa cerimônia "é uma provocação" e uma "profanação flagrante do caráter sagrado da mesquita", disse o responsável.

O anúncio da presidência israelense também provocou críticas do partido de esquerda israelense Meretz, que se opõe às colônias.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade