UAI
Publicidade

Estado de Minas SAN FRANCISCO

Apple permitirá que usuários consertem seus próprios iPhones


17/11/2021 18:44

A Apple anunciou nesta quarta-feira (17) que começará a permitir que seus usuários consertem seus próprios dispositivos comprados da gigante do Vale do Silício, uma concessão considerada como uma vitória pelos defensores dos direitos dos consumidores.

Por muito tempo, a fabricante do iPhone e de computadores Mac limitou os reparos de seus aparelhos aos técnicos do "Genius Bar", sua assistência gratuita dentro das lojas Apple, ou a centros de serviços autorizados, nas quais os clientes muitas vezes davam de cara com longas filas e altos custos.

"Nunca pensamos que esse dia chegaria", escreveu no Twitter a @iFixit, uma empresa que oferece guias de conserto para vários dispositivos.

"Há algumas pegadinhas, mas ficamos emocionados ao ver a Apple admitir o que sempre soubemos: qualquer pessoa é suficientemente inteligente para consertar um iPhone".

O novo programa de autosserviço da Apple será lançado primeiramente nos Estados Unidos, oferecendo vendas de ferramentas e peças para quem quiser trabalhar em modelos danificados de iPhone 12 ou 13.

Inicialmente, o serviço se concentrará em peças mais sujeitas a danos, como telas, baterias e câmeras.

O programa será lançado em outros países no próximo ano e será expandido para incluir alguns computadores Mac, antecipou a empresa.

"Criar maior acesso a peças genuínas da Apple oferece aos nossos clientes ainda mais opções se um reparo for necessário", explicou o diretor de operações da Apple, Jeff Williams, em um comunicado.

"Nos últimos três anos, a Apple quase dobrou o número de pontos de serviço com acesso a peças, ferramentas e treinamento e agora oferecemos uma opção para aqueles que desejam concluir seus próprios reparos."

A mudança ocorre no momento em que a Apple enfrenta críticas e processos pelo controle rígido de seu "ecossistema", desde o hardware do iPhone até os aplicativos permitidos nos telefones.

As leis que consagram o direito das pessoas de consertar os itens que compram ganharam força em diferentes estados dos Estados Unidos e a nível federal.

APPLE INC.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade