Publicidade

Estado de Minas BERLIM

Esposa de cientista político alemão acusado de espioonar para China fica sob suspeita


02/08/2021 12:26

A esposa de um cientista político alemão acusado de espionagem a favor dos serviços de Inteligência da China também é considerada suspeita - anunciou a Procuradoria federal nesta segunda-feira (2).

De acordo com a Procuradoria de Karslruhe, competente em matéria de terrorismo e de espionagem, a germano-italiana Klara K. e seu marido, Klaus L., foram procurados por agentes dos serviços de espionagem chineses durante uma turnê de conferências em Xangai, em 2010.

Desde então e até 2019, "forneceram, regularmente, informação para a China, antes ou depois de visitas de Estado, ou de conferências internacionais", afirma a Procuradoria em um comunicado.

O cientista político foi acusado no início de julho.

O casal recebeu "honorários" em troca de repassar informações obtidas, principalmente, graças a seus inúmeros contatos políticos de alto nível, estabelecidos no âmbito do "think tank" dirigido por Klaus L. desde 2001.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade