Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Chefe das Forças Armadas do Peru renuncia a três dias da posse de Pedro Castillo


26/07/2021 08:10

O jornal peruano La República informa que o chefe do Comando Conjunto das Forças Armadas do país, César Astudillo Salcedo, solicitou a antecipação de sua aposentadoria, prevista para outubro, e sua demissão do cargo neste domingo (25).

Segundo fontes que tiveram acesso a comunicado escrito pelo general, Astudillo alega razões pessoais para a solicitação. Entretanto, outras pessoas próximas ao militar contestam esta versão e alegam que o pedido acontece por desacordo político e ideológico com o presidente eleito, Pedro Castillo, e preocupação com boatos de mudanças para as Forças Armadas.

O resultado nas eleições peruanas foi proclamado na semana passada e deu vitória apertada a Castillo, político de esquerda, professor e líder sindical. A posse está prevista para acontecer no dia 28 de julho.

Ainda não há informação se o pedido será aceito pelo presidente interino, Francisco Sagasti, ou pela ministra da Defesa, Nuria Esparch. Astudillo ocupa o cargo de chefe do Comando Conjunto das Forças Armadas desde 2018.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade