Publicidade

Estado de Minas HOUSTON

Texanos reclamam de contas de energia exorbitantes em meio a crise climática 'evitável'


21/02/2021 19:54

Milhões de texanos ainda estavam sem água potável neste domingo (21), enquanto as autoridades recebiam queixas sobre contas de energia extremamente altas geradas por uma crise devido ao clima frio que o prefeito de Houston disse ser evitável.

A massa de ar frio que paralisou partes do sul e centro dos Estados Unidos no início da semana deixou mais de 70 mortos, milhões temporariamente sem energia e ainda congelou o sistema de fornecimento de água.

"Tudo o que aconteceu esta semana era previsível e evitável", afirmou o prefeito de Houston, Sylvester Turner, ao programa "Face the Nation" da CBS, dizendo que há muito tempo estava claro que a rede elétrica independente no Texas era vulnerável a condições climáticas extremas.

Turner disse que Houston, a quarta maior cidade dos Estados Unidos, ainda precisa de materiais de encanamento e encanadores, mas está progredindo na restauração do serviço.

Tanto Houston quanto Galveston suspenderam no domingo as ordens para que os residentes fervessem a água antes de consumi-la.

Mas cerca de 28 mil residências permaneciam sem eletricidade no domingo, segundo o site poweroutage.us, e muitos texanos sofriam ainda com outro problema: contas de energia elétrica chegando em alguns casos a milhares de dólares.

O governador Greg Abbott se reuniu com legisladores no sábado para discutir o problema das cobranças e disse: "Temos a responsabilidade de proteger os texanos de picos em suas contas de energia."

Turner, por sua vez, declarou que "esses custos exorbitantes (deveriam ser) arcados pelo estado do Texas, e não pelos consumidores individuais que não causaram esta catástrofe."

O presidente Joe Biden emitiu no sábado uma declaração de desastre para grande parte do estado, fornecendo uma ajuda financeira e administrativa extremamente necessária.

Sua porta-voz, Jen Psaki, disse no domingo que Biden esperava visitar o Texas "já nesta semana" caso possa fazê-lo sem interferir nos esforços de recuperação.

Michael McCaul, um congressista republicano do Texas, afirmou que o impacto financeiro da crise climática pode ser igual ao do furacão Harvey, que em 2017 causou danos estimados em 125 bilhões de dólares.

CBS CORPORATION


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade