Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Wall Street fecha com recordes, influenciada por plano de ajuda nos EUA


28/12/2020 18:52

A bolsa de Nova York fechou nesta segunda-feira (28) com novos recordes, depois que o presidente Donald Trump assinou na véspera um plano de ajuda para a economia americana, duramente atingida pela pandemia de covid-19.

O Dow Jones Industrial Average, o principal índice de Wall Street, subiu 0,68%, a 30.403,97 pontos, um novo recorde.

O Nasdaq, de forte componente tecnológico, também registrou um recorde, alcançando 12.899,42 pontos após subir 0,74%, assim como o índice ampliado S&P; 500, que se situou em 3.735,36 pontos após subir 0,87%.

Após uma semana gerando dúvidas sobre sua aprovação, Trump acabou sancionando na noite de domingo um plano de ajuda de US$ 900 bilhões, aprovado por republicanos e democratas no Congresso.

O texto prorroga as ajudas federais para os desempregados e concede empréstimos avalizados às empresas.

O presidente republicano também aprovou um projeto de lei de financiamento do Estado federal, que permitirá evitar a paralisação dos serviços públicos nesta terça.

A alta das ações no Nasdaq se deveu sobretudo aos setores de comunicação e tecnologias de informação. A Apple subiu 3,58%; a Alphabet, matriz da Google, 2,14%, e a Amazon, 3,51%.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade