Publicidade

Estado de Minas

Diretor da OMS classifica de "assassinato" corrupção em torno de equipamento contra COVID-19


21/08/2020 13:55

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) descreveu os casos de corrupção em torno dos equipamentos de proteção (EPI) usados no contexto da pandemia de COVID-19 como "assassinato".

"Se os trabalhadores da saúde trabalharem sem EPIs, suas vidas correm perigo. E isso também põe em risco a vida das pessoas a quem servem. Portanto, é crime e é assassinato. Isso tem que acabar", declarou Tedros Adhanom Ghebreyesus, questionado por um jornalista sobre casos de corrupção na África do Sul.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade