Publicidade

Estado de Minas

Netanyahu anuncia ajuda financeira 'para todos os cidadãos' em Israel


postado em 15/07/2020 17:49

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, anunciou nesta quarta-feira (15) um plano de ajuda para "todos os cidadãos" que lhes permita fazer frente às consequências econômicas da crise do novo coronavírus.

"As famílias com um filho receberão 2.000 shekels (583 dólares), com dois, 2.500 shekels (729 dólares) e com três filhos, 3.000 shekels (875 dólares)", prometeu Netanyahu nesta quarta durante coletiva de imprensa.

"O restante dos cidadãos com mais de 18 anos vão receber 750 shekels (218 dólares)", acrescentou.

"Este dinheiro vai encaminhar mais rapidamente a economia", explicou o primeiro-ministro, que incentivou a compra de "produtos do país".

Esta ajuda se inscreve em um plano global de 90 bilhões de shekels (26,2 bilhões de dólares), anunciado na semana passada, que ainda deve ser aprovado pelo governo.

No domingo, o Executivo aprovou as medidas para ajudar financeiramente os trabalhadores independentes duramente afetados pela crise econômica.

A taxa de desemprego passou de 3,4% em fevereiro para 27% em abril, embora em maio tenha caído a 23,5%.

No fim de maio, o governo suspendeu algumas restrições, mas diante da recidiva registrada recentemente, na semana passada anunciou novas medidas como o fechamento de bares e boates.

Oficialmente, as autoridades reportaram 43.668 contágios, dos quais 375 mortos, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade