Publicidade

Estado de Minas

Dois soldados e um médico morrem no leste separatista da Ucrânia


postado em 13/07/2020 18:31

Dois soldados e um médico militar ucranianos morreram no leste do país em confrontos com os separatistas pró-Rússia, anunciou o Exército, que acusa os rebeldes de usarem armas proibidas pelos acordos de paz.

Um militar morreu em um bombardeio e outro ao saltar um objeto explosivo, informou o Exército ucraniano em comunicado. O médico morreu quando tentava remover o corpo de um soldado morto. Outros dois membros do grupo ficaram feridos.

A guerra no leste da Ucrânia já causou mais de 13 mil mortes e deixou 1,5 milhão de refugiados internos em seis anos. Os acordos de paz assinados em Minsk em 2015 reduziram a violência, mas a solução política segue bloqueada.

Ucrânia e os ocidentais acusam a Rússia de apoiar militarmente os rebeldes, o que Moscou nega.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade