Publicidade

Estado de Minas

Enfermeiro choca web ao mostrar transformações no corpo após COVID-19

Americano de 43 anos ficou entubado por mais de um mês após contrair o novo coronavírus. 'Achava que era jovem o suficiente para não ser afetado'


postado em 20/05/2020 08:42 / atualizado em 20/05/2020 14:51

(foto: Instagram/Repdorução)
(foto: Instagram/Repdorução)

O americano Mike Schultz, de 43 anos, tem o chamado 'perfil de atleta'. A COVID-19 não poupou seu corpo musculoso, capaz de executar flexões perfeitas. O enfermeiro, que mora sem São Francisco, na Califórnia, ficou por mais de um mês entubado após contrair a doença. 

Ao fim da batalha contra o vírus, que já dura seis semanas, a silhueta robusta deu lugar a membros magros - segundo Mike, tão fracos, que ele "mal consegue segurar o smartphone". As fotos de antes e depois da infecção foram postadas nas redes sociais do profissional de saúde.


Imprudência

À imprensa americana, Mike admitiu que foi contaminado ao participar de uma festa em Miami em março, contrariando as orientações das autoridades de saúde. 'Achava que era jovem o suficiente para não ser afetado pelo vírus", relatou.

Uma semana após a comemoração, ele disse que foi a Boston encontrar o namorado e, por lá, começou a se sentir mal, mas não se preocupou, pois não teve febre. Dois dias depois, o enfermeiro sentiu falta de ar e foi levado às pressas para o hospital, onde foi prontamente entubado. 

Ciente de seu equívoco, ele agora adverte: "Pode acontecer com qualquer um. Não importa se você é jovem ou velho, tem ou não doenças crônicas. (A doença) pode afetar você", disse ao site Buzzfeed.






receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade