Publicidade

Estado de Minas

Paris reduz transporte público e fecha aeroporto de Orly por coronavírus


postado em 25/03/2020 16:43

Paris vai reduzir ao mínimo seus serviços de metrô e trem e fechará temporariamente um de seus dois aeroportos, devido à crise provocada pelo coronavírus, anunciaram as autoridades nesta quarta-feira (25).

Tanto a operadora de transportes de Paris RATP quanto o grupo ferroviário nacional SNCF já tinham reduzido seus serviços desde que entrou em vigor o confinamento da população em 17 de março para frear o avanço da Covid-19.

A partir desta quinta, cerca de 50 das aproximadamente 300 estações de metrô de Paris vão fechar e o serviço em toda a rede, assim como nas linhas que vão aos subúrbios, só funcionará das 06H00 às 22H00.

As operadoras informaram que o objetivo era manter um funcionamento mínimo, mas suficiente para que os trabalhadores da saúde e outros que precisam ir trabalhar durante a crise do coronavírus possam fazê-lo.

O operador dos aeroportos de Paris, ADP, anunciou nesta quarta o fechamento temporário do aeroporto de Orly a partir de 31 de março, devido à queda "significativa e repentina" do tráfego de passageiros.

"Ontem o tráfego de passageiros em Orly diminuiu 92% e no Charles de Gaulle (o maior de Paris), 89%", disse à imprensa o diretor-geral da ADP, Edward Arkwright.

O grupo já tinha fechado vários terminais em ambos os aeroportos quando as linhas aéreas reduziram seus voos.

A França, o terceiro país europeu mais atingido pelo coronavírus depois de Itália e Espanha, regista 1.100 mortes oficias pelo coronavírus.


Publicidade