Publicidade

Estado de Minas

Advogado de celebridades defenderá Trump no julgamento de impeachment


postado em 17/01/2020 14:43

O advogado de celebridade mais famoso dos Estados Unidos, Alan Dershowitz, disse nesta sexta-feira que fará parte da equipe jurídica que defenderá o presidente Donald Trump em seu julgamento político no Senado.

Segundo relatos da mídia americana, outro membro de destaque da equipe será Ken Starr, o promotor especial no julgamento político do ex-presidente democrata Bill Clinton em 1999.

Starr é um herói para muitos da direita, apesar de Clinton ter sido finalmente absolvido no Senado.

"O professor Dershowitz apresentará argumentos orais no julgamento do Senado para tratar dos argumentos constitucionais contra o impeachment", disse Trump, em comunicado em sua conta pessoal na rede do Twitter.

Com uma lista de clientes famosos, como o financista e agressor sexual Jeffrey Epstein, ex-jogador de futebol americano e ator O.J. Simpson, o diretor de cinema Roman Polanski e o ex-boxeador Mike Tyson, Dershowitz é provavelmente o advogado mais conhecido nos Estados Unidos.

Ele fará parte de uma poderosa equipe para defender o magnata republicano, liderado pelo advogado discreto, mas intransigente da Casa Branca, Pat Cipollone.

Trump foi acusado de abusar de sua posição pressionando a Ucrânia a investigar o que seria o principal rival eleitoral de Trump em novembro, o ex-vice-presidente democrata Joe Biden e seu filho Hunter por seus negócios naquele país do leste europeu.

A Casa Branca ainda não anunciou toda a equipe, mas confirma que Cipollone será o principal advogado, apoiado pelo advogado pessoal de Trump, Jay Sekulow.


Publicidade