Publicidade

Estado de Minas

Tempestades e inundações matam cinco pessoas na França


postado em 02/12/2019 13:55

Pelo menos cinco pessoas morreram no sudeste da França por causa das tempestades e inundações que atingem várias regiões do país, sendo que dois homens morreram arrastados pela força das águas e três socorristas em um acidente de helicóptero.

Além disso ainda era procurado um homem no departamento dos Alpes da Alta Provença, informou o ministro do Interior, Christophe Castaner.

Em mais de dez dias, 11 pessoas perderam a vida no sudeste da França em dois episódios diferentes de fortes chuvas, inundações e ventos, o que levou o instituto meteorológico Météo France a ativar o alerta vermelho.

"A tempestade deixa terras devastadas e atoladas pelas enchentes. Penso naqueles que sofreram o mau tempo nas últimas semanas no Sul. Acima de tudo, nas famílias e parentes de nossos concidadãos que perderam a vida", reagiu no Twitter o presidente Emmanuel Macron.

Para ajudar as pessoas ameaçadas pelo mau tempo, 1.380 bombeiros foram mobilizados no domingo, apoiados por seis helicópteros de segurança civil, Castaner lembrou nesta segunda-feira, durante uma visita a um local perto de onde o helicóptero, um Dragon 30, caiu perto de Marselha.

As vítimas são um piloto de segurança civil, um mecânico e um bombeiro do departamento de Bocas del Rhone.

O helicóptero caiu nas colinas do maciço de Nerthe, ao norte de Marselha, na cidade de Pennes-Mirabeau, por razões ainda desconhecidas.

A Météo France não decretou o alerta vermelho para essa região.

A área mais afetada pelo mau tempo na noite de domingo foi a Côte d'Azur, principalmente os departamentos dos Alpes Marítimos e Var, onde dois homens morreram.

Em Fréjus (Var), o dono de um estábulo foi arrastado pelas águas ao tentar salvar os animais, presos.

Os bombeiros encontraram seu corpo à noite.

Também em Var, em Saint-Paul-en-Forêt, um pastor que, aparentemente, saiu à noite para procurar seus animais, foi arrastado pela corrente em seu SUV.

Nos Alpes-Marítimos, as escolas de Cannes, Mandelieu e Pegomas foram fechadas nesta segunda.

Três departamentos, Bocas del Rhone, Var e Vaucluse, estavam em alerta laranja devido ao risco de inundação.

O tráfego ferroviário, perturbado por um tempo, praticamente voltou ao normal.

No fim de semana passado, fortes chuvas e ventos atingiram a Cote d'Azur e causaram seis mortes.


Publicidade