Publicidade

Estado de Minas

Quatro soldados indianos e dois civis morrem em avalanche no Himalaia


postado em 18/11/2019 18:13

Quatro soldados indianos e dois carregadores morreram nesta segunda-feira (18) em uma avalanche em uma das áreas mais militarizadas do Himalaia, disse um porta-voz do exército.

A tragédia ocorreu na geleira Siachen, com mais de 5.000 metros de altura, cuja posse reivindica a Índia e o Paquistão.

Um porta-voz do exército indiano explicou à AFP que a avalanche levou oito pessoas da patrulha no norte da geleira, no Karakorum.

Equipes de resgate conseguiram tirar os membros da patrulha da neve e eles foram levados de helicóptero para um hospital.

"Apesar dos esforços, seis mortes, incluindo as de quatro soldados e dois carregadores civis, foram registradas por extrema hipotermia", disse o porta-voz do coronel Rajesh Kalia.

As avalanches são comuns na geleira de 700 quilômetros quadrados, onde as temperaturas tendem a cair para -60°C.

Em 2016, dez soldados indianos morreram sepultados no glacial.

Desde 1984, quando as forças indianas assumiram o controle completo do glacial, cerca de 900 militares indianos morreram no local.

O glacial está situado no limite Norte da Linha de Controle que divide a Caxemira, região que Índia e Paquistão disputam desde 1947.


Publicidade