Publicidade

Estado de Minas

Presidente do Botsuana Mokgweetsi Masisi é reeleito


postado em 25/10/2019 06:25

O presidente do Botsuana, Mokgweetsi Masisi, foi eleito para um novo mandato de cinco anos após as eleições presidenciais de quarta-feira (23), nas quais seu partido, no poder desde a independência em 1966, conquistou a maioria das cadeiras do Parlamento, anunciaram fontes oficiais.

"Tenho a honra de declarar que Mokgweetsi Eric Keabetswe Masisi foi eleito presidente", disse o mais alto magistrado do país, encarregado de anunciar os resultados.

Mokgweetsi Masisi, de 58 anos, tornou-se presidente do Botsuana em abril de 2018, após a renúncia de seu antecessor, Ian Khama, e em conformidade com a Constituição, que limita o mandato de seus chefes de Estado a um máximo de dez anos.

O Partido Democrata do Botsuana (BDP) de Masisi corria, pela primeira vez desde 1966, o risco de perder a maioria no Parlamento devido à guerra interna entre o chefe de Estado e seu antecessor.

Khama acusou Masisi de uma deriva autoritária e abandonou seu próprio partido. Durante a campanha, ele pediu votos para a oposição.

O BDP obteve, no entanto, 29 assentos, de um total de 57.

Elogiado até agora por suas práticas democráticas exemplares e estabilidade, este país da África Austral é um dos mais ricos do continente.

Com um Produto Interno Bruto (PIB) per capita de mais de US$ 8.000, alimentado em grande parte por seus diamantes, o Botsuana também é um dos países mais desiguais da região, com uma taxa de desemprego de 18%.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade