Publicidade

Estado de Minas

Chanceler do Chile confirma cúpula da Apec em novembro


postado em 24/10/2019 14:37

O chanceler chileno, Teodoro Ribera, confirmou nesta quinta-feira pela realização da cúpula da Apec no Chile, como estava prevista, em 16 e 17 de novembro de Santiago, onde há seis dias ocorrem enormes manifestações, em meio à insatisfação social.

"Contactamos as 20 economias da Apec na segunda-feira, e elas não expressaram nenhuma dúvida em relação a sua presença", disse Ribera em um encontro com a imprensa sobre esta reunião, que, antes do conflito social, tinham presenças do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, da Rússia, Vladimir Putin, e da China, Xi Jinping, confirmadas.

O chanceler enfatizou: "Não há mudança alguma na presença das economias da Apec".

Há dez dias, o presidente Trump anunciou um acordo parcial com a China e disse que poderia ser assinado em Santiago durante esta reunião de líderes do fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec), que reúne 21 economias, entre elas a China e os Estados Unidos.

Contudo, os violentos incidentes que tiveram início na sexta-feira passada na capital chilena lançaram dúvidas sobre a realização dela e de outra reunião internacional, em dezembro: a cúpula do clima da ONU COP 25, que tem a presença confirmada da ativista sueca Greta Thunberg.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade