Publicidade

Estado de Minas

Mais de 20 pessoas são detidas na Espanha por exploração sexual de mulheres


postado em 09/06/2019 09:31

A polícia espanhola anunciou a detenção, neste domingo (9), na localidade turística de Marbella, de 21 pessoas que fariam parte de uma rede de exploração sexual de mulheres, liderada por uma família portuguesa.

Segundo o comunicado policial, esta rede tinha uma casa nesta cidade andaluza que funcionava como prostíbulo 24 horas por dia. Nesse local, as mulheres eram submetidas a "um regime de multas, de jornadas exaustivas e de ameaças". Trancafiadas, eram impedidas de deixar o imóvel.

Oito das vítimas foram soltas durante a operação.

"Algumas foram de maneira voluntária ao prostíbulo, enquanto outras eram enganadas com uma oferta de emprego em uma casa de massagens", relatou a polícia.

Os líderes da organização, que também distribuía drogas entre seus clientes, "eram um clã familiar português", acrescentou o comunicado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade