Publicidade

Estado de Minas

EUA lança plano para garantir abastecimento de minerais estratégicos


postado em 04/06/2019 20:25

Os Estados Unidos divulgaram nesta terça-feira (4) um plano para garantir o fornecimento de minerais estratégicos, principalmente terras raras, que são indispensáveis para a fabricação de equipamentos eletrônicos e que a China ameaça restringir o acesso.

"Estes minerais críticos são frequentemente ignorados, mas sem eles a vida moderna seria impossível", disse Wilbur Ross, Secretário de Comércio, afirmando que a Casa Branca "toma um passo sem precedentes para garantir que os Estados Unidos não sejam privados desses materiais vitais".

O plano de ação identifica 35 elementos estratégicos, incluindo urânio, titânio e terras raras, que os Estados Unidos importam para atender suas necessidades.

Para 14 minerais incluídos na lista, "os Estados Unidos não têm produção nacional e dependem completamente das importações", informou o relatório.

A China produz cerca de 80% das terras raras do planeta, um conjunto de 17 metais essenciais para as tecnologias avançadas e que se encontram em aparelhos eletrônicos como smartphones, telas de plasma e veículos elétricos, mas também em armas.

Sabendo dessa importância, o presidente da China, Xi Jinping, visitou em 22 de maio uma usina de processamento desses metais estratégicos, uma forma sutil de ameaçar com um bloqueio das exportações.

Um movimento em meio a uma intensificação da guerra comercial empreendida pelo presidente americano, Donald Trump, contra a China.


Publicidade