Publicidade

Estado de Minas

Russo é preso acusado de roubo maciço de dados nos EUA


postado em 07/09/2018 18:54

Um cidadão russo acusado do maior roubo de dados de clientes de uma instituição financeira na história dos Estados Unidos foi preso na Geórgia e extraditado para Nova York para responde rà Justiça, informou nesta sexta-feira o Ministério Público de Manhattan.

O detido, Andrei Tyurin, de 35 anos, é acusado de 10 crimes como hackear bancos, firmas de corretagem e publicações financeiras, inclusive o maior roubo de dados de clientes de uma instituição financeira americana, que afetou 83 milhões de clientes do banco JPMorgan Chase.

Tyurin terá uma audiência com um juiz federal de Manhattan em 25 de setembro, afirmou em comunicado Geoffrey Berman, procurador federal de Manhattan. Ele pode ser condenado a até 97 anos de prisão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade