Publicidade

Estado de Minas

Cidade iraquiana de Basra vive novos confrontos por protestos sociais


postado em 05/09/2018 15:00

Novos confrontos foram registrados nesta quarta-feira entre policiais e manifestantes em Basra, cidade petrolífera no sul do Iraque, onde morreram seis manifestantes na véspera.

A polícia e os soldados dispararam com armas de fogo e jogaram bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes, testemunhou um correspondente da AFP.

Ao menos um manifestante ficou ferido na cabeça por uma granada de gás lacrimogêneo antes de ser evacuado em uma ambulância.

Na terça, seis manifestantes morreram em Basra, onde há dois meses ocorrem protestos por questões sociais.

Um funcionário de alto escalão acusou as forças de ordem de terem "aberto fogo diretamente contra os manifestantes".

À noite, milhares de pessoas continuavam concentradas em frente à sede do governo, e alguns jogaram coquetéis molotov e bombas contra o edifício.

As forças de segurança responderam com bombas de gás lacrimogêneo e disparos.

Os protestos eclodiram em 8 de julho nesta rica cidade petroleira por conta do desemprego e do péssimo estado dos serviços públicos.

As manifestações foram ganhando terreno no sul do país e chegaram à capital.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade