Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Deputado americano é preso por insider trading envolvendo empresa australiana


postado em 08/08/2018 16:00

Nos Estados Unidos, o deputado republicano Christopher Collins (Nova York) foi preso nesta quarta-feira, acusado de insider trading envolvendo uma empresa de biotecnologia australiana. Promotores federais americanos em Manhattan acusaram Collins de compartilhar com seu filho, Cameron Collins, os resultados de um teste de medicamentos da Innate Immunotherapeutics, uma empresa de biotecnologia com sede em Sidney. Collins era membro do conselho de administração da Innate e um dos maiores acionistas da empresa.

O deputado supostamente passou informações importantes sobre os resultados do teste para o filho, a fim de que ele pudesse negociar os dados. Os promotores dizem que o filho de Collins passou informações para o pai da noiva, Stephen Zarsky, que avisou outros supostos conspiradores antes da divulgação pública dos resultados do teste.

Cameron Collins e Stephen Zarsky também foram indiciados nesta quarta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade