Publicidade

Estado de Minas

Equador reduz crescimento do PIB em 2017 a 2,4%


postado em 01/08/2018 12:18

O Banco Central do Equador (BCE) revisou para baixo, a 2,4%, o crescimento do seu Produto Interno Bruto (PIB) em 2017, inicialmente estimado em 3%, nesta quarta-feira (1º).

"No ano passado, a economia equatoriana cresceu 2,4% em termos reais", afirmou a entidade em um comunicado. O resultado foi alterado assim que as principais fontes atualizaram seus dados, acrescentou.

Em março, o BCE tinha relatado que o PIB do Equador cresceu 3% em 2017, taxa superior ao 1,5% previsto.

O crescimento de 2,4% da economia equatoriana, que é dolarizada, é explicado principalmente pelo aumento do investimento, dos gastos de consumidores e governo e das exportações, apontou a entidade.

O BCE acrescentou que o PIB em 2017 alcançou os 104,296 bilhões de dólares.

A economia do Equador cresceu 7,9% em 2011, 0,1% em 2015 e recuou 1,2% em 2016 - devido à queda do preço do petróleo e dos prejuízos milionários provocados por um terremoto -, segundo o BCE.

O governo estima que o PIB vai se expandir 1,5% em 2018, apesar das dificuldades econômicas devido a um grande endividamento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade