Publicidade

Estado de Minas

Três civis mortos por um disparo de rebeldes huthis na Arábia Saudita


postado em 09/06/2018 18:54

Três civis morreram no sábado por um projétil lançado pelos rebeldes iemenitas huthis na cidade de Jizan, no sul da Arábia Saudita, anunciou a coalizão militar que combate estes insurgentes.

"Três civis foram assassinados por um projétil disparado deliberadamente pelas milícias huthis (...) vinculadas ao Irã, contra a região de Jizan", indicou o porta-voz da coalizão sob comando saudita, o coronel Turki al Maliki, citado pela agência de notícias oficial saudita Spa.

O porta-voz não deu mais detalhes sobre a natureza do projétil.

Nos últimos meses, os rebeldes huthis intensificaram os disparos de mísseis contra a Arábia Saudita, que acusa Teerã, seu grande rival regional, de fornecer estas armas a essas milícias.

O Irã reconheceu que apoia politicamente os huthis, mas nega qualquer apoio militar.

A Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos e outros países árabes intervieram no Iêmen em 2015 para ajudar o governo reconhecido internacionalmente do presidente Abd Rabo Mansur Hadi ante os huthis, que dominaram amplas regiões do país, entre elas Saná, a capital.

O conflito no Iêmen deixou mais de 10.000 mortos e 55.000 feridos desde 2015. Segundo a ONU, este país atravessa "a pior crise humanitária do mundo".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade