Publicidade

Estado de Minas

Líder catalão pede por diálogo com governo da Espanha


postado em 15/05/2018 19:54

Berlim, 15 - O presidente regional da Catalunha, Quim Torra, pediu ao primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, que converse com os líderes separatistas da região. Torra foi eleito na segunda-feira por legisladores catalães e prometeu construir uma república Atala independente, trabalhando sob a liderança do ex-presidente regional Carles Puigdemont, que está na Alemanha lutando contra a extradição para a Espanha.

"Por favor, Rajoy, coloque uma data e um lugar e nós estaremos lá... Sem precondições, vamos falar sobre tudo, mas vamos conversar", disse Torra em uma coletiva de imprensa conjunta com Puigdemont em Berlim.

No entanto, apesar dos pedidos, o primeiro-ministro, que lutou para negar a independência da Catalunha, jogou um balde de água fria nas perspectivas de um encontro. Durante uma visita oficial à Bulgária, Rajoy rejeitou categoricamente a candidatura da região à independência e observou que os outros dois grandes partidos da Espanha - os socialistas e os cidadãos - apoiam a posição do governo sobre o assunto.

Torra, cuja eleição encerrou um vácuo de liderança de mais de cinco meses na Catalunha, disse que também deseja visitar os líderes separatistas que estão detidos nas prisões espanholas devido à realização de um plebiscito ilegal e à declaração de secessão da Catalunha. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade