Publicidade

Estado de Minas

Press Release from Business Wire : HeartSciences


postado em 10/04/2018 21:30

A HeartSciences, uma empresa de dispositivos médicos que lidera a inovação em eletrocardiografia através da aplicação de processamento de sinais por transformação de pequenas ondas contínuas (continuous wavelet transform, CWT) e inteligência artificial, anunciou hoje os resultados de um estudo clínico realizado na The Icahn School of Medicine, Mount Sinai Hospital, Nova Iorque, NY e no West Virginia University (WVU) Heart and Vascular Institute, Morgantown, WV (EUA). Os resultados foram fornecidos no site onlineJACC.org no dia 9 de abril de 2018 e serão publicados na edição do dia 17 de abril de 2018 do Journal of American College of Cardiology (JACC), um periódico sobre medicina cardiovascular revisado por especialistas.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20180410006761/pt/

HeartSciences' MyoVista wavECG Device with Informatics (Photo: Business Wire)

O artigo, intitulado "Prediction of Abnormal Myocardial Relaxation from Signal Processed Surface ECG" (Previsão de relaxamento miocárdico irregular a partir de ECG de superfície com processamento de sinais) apresenta os resultados do estudo clínico iniciado por pesquisadores que se concentrou na avaliação da viabilidade do ECG de pequenas ondas MyoVista® (wavECGTM) como ferramenta diagnóstica para prever irregularidades de relaxamento do miocárdio. O relaxamento irregular é uma apresentação inicial de muitos tipos de doenças cardíacas e uma característica principal da disfunção diastólica ventricular esquerda (left ventricular diastolic dysfunction, LVDD). É normalmente detectado usando imagens ecocardiográficas. A LVDD é um forte indicador de mortalidade cardiovascular e por todas as causas.1 Isquemia, hipertensão, diabetes, doença valvular e função sistólica reduzida são todas associadas com a LVDD.1,2

Os resultados do estudo de viabilidade demonstram que a tecnologia patenteada do MyoVista pode detectar irregularidades do relaxamento miocárdico associadas com a LVDD. Os resultados do estudo demonstraram 80% de sensibilidade e 84% de especificidade com uma área abaixo da curva de 91% para a previsão de baixo (e'), um parâmetro ecocardiográfico amplamente usado na determinação de LVDD. A previsão de baixo (e') também identificou corretamente 23 de 28 participantes do estudo (82%) com aterosclerose coronariana subjacente significativa. Além disso, a previsão do MyoVista wavECG de irregularidades de relaxamento também permitiu o reconhecimento de participantes com estágios mais avançados de DD e CAD concomitante, com valor incremental significativamente maior em comparação com variáveis clínicas e informações de ECG convencionais. O estudo de viabilidade foi realizado usando análise de aprendizagem automática, muitas vezes descrita como inteligência artificial, ou AI. O estudo incluiu um número limitado de pacientes, bem como outras limitações, e futuros estudos foram recomendados para atender a estas limitações.

As conclusões do estudo sugerem uma função potencial para o dispositivo MyoVista wavECG como uma ferramenta de triagem para pacientes em risco de LVDD que beneficiariam de avaliações ecocardiográficas.

Partho Sengupta, MD, Professor, Chefe de Cardiologia e presidente do Conselho de inovação cardíaca, WVU Heart & Vascular Institute, e investigador principal do estudo, comentou que "Estes dados são extremamente encorajadores, pois sugerem uma função potencial do ECG processado de sinais na detecção precoce de doença cardíaca. É bastante notável que o MyoVista tenha demonstrado uma alta precisão diagnóstica na detecção de um estado da disfunção do músculo cardíaco que era detectável anteriormente apenas usando técnicas de ultrassom cardíaco. Isto pode eventualmente ajudar em testes cardíacos adequados e a reduzir os custos globais dos cuidados de saúde".

"Estes resultados positivos demonstram que a tecnologia do MyoVista wavECG, que inclui nossos métodos patenteados de processamento de sinais combinados com inteligência artificial, pode conduzir a capacidades aprimoradas e usos totalmente novos para os dispositivos baseados em eletrocardiografia (ECG)", declarou Mark Hilz, presidente e diretor executivo da HeartSciences.

Andrew Simpson, presidente do Conselho da HeartSciences, declarou que "Este estudo da tecnologia de ECG de pequenas ondas MyoVista é uma etapa significativa para o aprimoramento da ferramenta de baixo custo de linha da frente mais frequentemente usada, o ECG de repouso com 12 derivações, com novas capacidades que podem oferecer uma estratificação de risco mais eficaz com relação à detecção precoce de doença cardíaca".

Um total de 188 participantes, indicados a partir de clínicas de pacientes ambulatoriais à Icahn School of Medicine, Mount Sinai Hospital para angiografia coronária por tomografia computadorizada (CT), também realizaram, na mesma visita, ecocardiografia bidimensional abrangente (inclusive Doppler de tecidos) que incluiu a avaliação de LVDD. Foram excluídos os participantes com arritmias, angina instável, cirurgia cardíaca anterior, um marca-passo, deformidade do tórax ou uma incapacidade de expressar velocidades anulares mitrais bem definidas devido a calcificações anulares mitrais graves. Foi realizada outra análise com relação a uma coorte comparativa avaliada no WVU, Heart and Vascular Institute, que validou ainda mais as informações do MyoVista wavECG sobre as características de pacientes saudáveis, bem como de distribuição da população e faixa etária.

Referências

1. LV Diastolic Dysfunction and Prognosis, Dalane W. Kitzman, et al., Circulation, 2012 February 14: 125(6): 743-745. doi:10.1161.CIRCULATIONAHA.111.086843

2. Diastolic Dysfunction and Diastolic Heart Failure: Diagnostic, Prognostic and Therapeutic Aspects, Maurizio Galderisi, Cardiovascular Ultrasound, 2005, 3-9 doi:10.1186/1476-7120-3-9

Sobre a HeartSciences

A HeartSciences está liderando a inovação no campo da eletrocardiografia através da aplicação de processamento de sinais por transformação de pequenas ondas contínuas (continuous wavelet transform, CWT) e inteligência artificial. O processamento de sinais de pequenas ondas atualmente é usado em muitos setores diferentes como uma importante ferramenta para oferecer percepções e novos dados valiosos relacionados com a análise espectral de um sinal. O dispositivo de ECG de pequenas ondas MyoVista® (wavECG?) da HeartSciences é um eletrocardiógrafo de repouso com 12 derivações pioneiro no mercado, com nova informática com base em processamento de sinais de pequenas ondas. A informática patenteada se concentra em informações relacionadas com energia, ao invés de informações convencionais com base em tensão. A missão da HeartSciences é capacitar a triagem correta e econômica para a detecção precoce de doenças cardíacas.

Além da informática exclusiva, o dispositivo MyoVista wavECG tem os recursos completos de um eletrocardiograma de repouso com 12 derivações, inclusive análise com o uso do Algoritmo de Glasgow, um dos mais respeitados algoritmos interpretativos do mundo. O dispositivo tem uma tela sensível ao toque de alta resolução com 15,6 polegadas e integra muitos recursos frequentemente associados com um dispositivo tablet, exigindo treinamento mínimo aos usuários sem alterações no fluxo de trabalho clínico com ECG. O dispositivo MyoVista wavECG não está disponível atualmente para distribuição ou venda comercial nos Estados Unidos.

A HeartSciences é uma sociedade de capital fechado dos EUA, sediada em Southlake, Texas.

Para obter mais informações, acesse www.heartsciences.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20180410006761/pt/

HeartSciences Gene Gephart, +1-737-346-1089 gene.gephart@heartsciences.com ou Contato com investidores Zimmons International Communications Jennifer K. Zimmons, +1-917-214-3514 jzimmons@zimmonsic.com

This material is not an AFP editorial material and AFP shall not bear responsibility for the accuracy of its content. In case you have any questions about the content, kindly refer to the contact person mentioned in the text of the release.

End of the Business Wire's Press Release

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade